Home » , , , , , , , , » Autora Rosa Fonseca, lança seu mais novo livro de poesia neste domingo em Aveiro, Portugal

Autora Rosa Fonseca, lança seu mais novo livro de poesia neste domingo em Aveiro, Portugal

Por: J. B. Novare Em: 19/05/2017

Rosa Fonseca, autora portuguesa natural de Aveiro, lança neste domingo, dia 21 de maio, o seu mais novo livro de poesias. Intitulado “Enquanto A Chuva Não Vem”, a obra foi publicada pela Sana Editora e será lançada na União de Freguesias da Glória e Vera Cruz (Rua Associação Humanitária), em Aveiro, Portugal, a partir das 16h30min.

Neste livro, a autora revela a sua relação consigo própria, com os outros e com o amor, numa fusão de emoções e sensações. Onde os sentimentos se entrelaçam sem deixar pontas soltas. Escreve, o amor e o desencontro, a saudade e a ausência, que é, tantas vezes, a vida de cada um. Contudo, não perde o encanto e um certo encantamento no caminho.

Está traçado em “Enquanto A Chuva Não Vem” um consentido convite a uma viagem pelos sentidos. “Uma torrente de afetos com um estilo criativo, divertido, inteligente e fortemente caracterizado pela intertextualidade e metalinguagem”. Na obra, o amor é a partida e o regresso.

Rosa Fonseca nasceu em Aveiro, cidade onde vive até hoje. É licenciada em Estudos Especiais Especializados e Educação Especial. Frequentou o curso de Línguas e Literatura Moderna. É membro da Associação Portuguesa de Poetas e atualmente exerce a profissão de docente em Educação Especial. Rosa começou escrevendo em um blog em 2005, e em 2012 publicou o seu primeiro livro de poesia e prosa, “Entre A Alma e o Mar”, em 2012, pela Edium Editores, seguindo-se com “Demora-Te Nos Meus Olhos”, em 2014, pela Esfera do Caos. Desde então, tem participado em alguns encontros de escritores.

A sua obra, poética e ficcional, encontra-se em duas dezenas de antologias, tanto no seu país como no Brasil e Alemanha. Tem escrito alguns prefácios e apresentado livros de outros autores. Coordenou uma coletânea em 2016 e escreve, com frequência, para o jornal da sua cidade. Os seus livros encontram-se em vários países, inclusive em algumas bibliotecas escolares e bibliotecas públicas, bem como no Cabo Verde e na Biblioteca da Universidade Gregório Semedo, em Luanda.

“Visito-me noutra morada. Só entendo a poesia como o meio mais elevado de comunicação de sentires, de emoções, a essência dos afetos. A verdade intrínseca. Não tenho memória de me faltarem as palavras imbuídas de emoção, com as quais componho os meus poemas. Sou inteira na poesia, como na vida”, revela a autora.

0 Comentários:

Postar um comentário

pesquisar

Nossos Parceiros

Publicidade/Livraria Parceira