Home » , , , , » Rômulo Reis, o poeta das inspirações divinas colhidas no cotidiano

Rômulo Reis, o poeta das inspirações divinas colhidas no cotidiano

Por: Bookeiro Publish Em: 21/01/2020

Rômulo Reis Oliveira é um poeta social, que vê no cotidiano todas as suas armas para expor seu olhar poético. Suas poesias transitam por temas como consciência social, direitos humanos, desigualdade, política e religiosas, evidenciando a poesia sacra. E toda esta inspiração fará parte de novo projeto do poeta, intitulado “Inspiração divina - poemas escritos por Deus, que já está no prelo”.

Nascido em São Luís do Maranhão, o poeta escreve desde os 16 anos. É o autor da obra “Cotidiano Urbano”, lançada em 2014 pela Editora SantMel, de Belém (PA). O autor conta com várias premiações, dentre elas: “CNNP - Concurso Nacional Novos Poetas 2014”, com o poema “A mulher, a essência da poesia”; e “VIII° Concurso POESIARTE de poesia”, com o poema “Grande Alma”.

Rômulo Reis é um poeta que observa a realidade, e que por meio dos versos ele materializa o sentido, e nos diz: “a poesia está nos olhos de quem vê, está presente em tudo”.

Enquanto esteve no jornal literário Olaria das Letras, de Minas Gerais, pelos bastidores continuava a escrever seus poemas. Retornou às atividades literária se apresentando no Sarau Poético Ludovicense (movimento cultural não-institucionalizado de poetas e poetisas, unidos pela palavra com o objetivo de promover a socialização da vivência poética).

Confira, na íntegra, o poema premiado no Concurso Nacional de Novos Poetas, de 2014:

A MULHER ESSÊNCIA DA POESIA

O homem é um rascunho normal
A mulher é a arte final
O homem é um esboço discreto
A mulher o discurso completo
O homem é um dia cinzento nublado 
A mulher é o aparecimento de um dia ensolarado

O homem é uma noite fria sombria
A mulher é uma noite de lua cheia
O homem é um peixinho 
A Mulher é uma sereia

O homem é uma grande explosão
A mulher é plena maturidade 
O homem procura satisfação 
A mulher busca a felicidade
O homem é uma ilusão 
A mulher a pura verdade

O homem é ditadura 
A mulher é democracia
O homem é a prosa da literatura 
A mulher é a poesia.

0 Comentários:

Postar um comentário

pesquisar

Nossos Parceiros