Home » , , , , , , » Novo livro de poesias da escritora maranhense Anna Liz será lançado este mês em Santa Luzia

Novo livro de poesias da escritora maranhense Anna Liz será lançado este mês em Santa Luzia

Por: J. B. Novare Em: 03/04/2018

O novo livro de poesias da escritora maranhense Anna Liz acaba de ser publicado com o título “Retalhos de Liz”. A obra é uma edição da Editora Scortecci e é dividida em 6 partes, denominadas de “Retalhos”: 1ª - poemas/Retalho; 2ª – crônicas/Retalho; 3ª - poemas de homenagens e odes/Retalho; 4ª - alguns poemas do primeiro livro/Retalho; 5ª - alguns poemas do 2º livro/Retalho; e 6ª - Poemas e outros textos dedicados à autora. O lançamento da obra será no próximo dia 14 de abril em Santa Luzia/MA, cidade natal da autora.

“Grande parte das composições de Anna Liz está relacionada à mulher no contexto atual. Um importante número de poemas publicados por esta autora refere-se à problemática do amor erótico idealizado pela figura feminina. Desta forma, sua poesia rompe com as barreiras da tradicionalidade, revelando uma mulher que não precisa esconder seu aspecto mais natural para ser aceita. Mas não é tão simples. É preciso ter força e coragem para revelar esta face feminina tão reprimida ao longo dos séculos de dominação patriarcal”, escreve Marcos José P. Gomes, em “Marcas de Feminilidade Nos Poemas - Per Passione e Ao homem que não vê a mulher que Sou”.

O lançamento do livro “Retalhos de Liz” será no dia 14 de abril a partir das 19 horas no Salão de Eventos da Assembleia de Deus (Avenida Newton Bello, s/n - Centro), em Santa Luzia/MA. A entrada será livre e o evento contará ainda com sessão de autógrafos, música, recital, vinhos, coquetel e convidados. Os exemplares da obra já estão disponíveis nos links: Editora Scortecci (https://goo.gl/CbfqFj), Livraria Asabeça (https://goo.gl/S8yiT8), Portal do Escritor (https://goo.gl/Vw9Aud), Portal Amigos do Livro (https://goo.gl/6qX1Rp), Amazon (https://amzn.to/2q10VnU), Livraria Martins Fontes (https://goo.gl/rAvArZ); e no site da autora (https://goo.gl/F2hRXQ).

Além do lançamento em Santa Luzia/MA, no dia 14 de abril, a autora Anna estará também em outras cidades apresentando a sua obra: dia 7 de abril em Petrópolis/RJ; dia 21 de abril na livraria AMEI (São Luís Shopping) em São Luís/MA. Também em abril, dia 6, Anna Liz estará no recebimento do Troféu Evita Peron e o título de Embaixadora em Defesa da Paz, pelo Núcleo de Letras e Artes de Buenos Aires, no Castelo de Itaipava, em Petropólis/RJ.

Anna Liz é o nome artístico de Ana Elizandra Gomes Ribeiro, professora, poeta e escritora maranhense, natural de Santa Luzia/MA, onde reside até hoje. É formada em Letras com especialização em Literatura. Tem participação em várias antologias lançadas no Brasil e em diversos outros países, como Alemanha, México, Argentina, Chile e Portugal, além de já ter publicado dois livros solos, “Conversa de Alguém Que Sente” e “Disperso Em Verso”, e um dueto poético com o poeta Gil Betto Barros, “Quatro Mãos: Todas Com Poesia”.

Ao longo de sua trajetória, Anna recebeu alguns prêmios de Literatura de entidades relevantes no campo literário no Brasil e em outros países: pela Academia de Artes Popular (ARTPOP)de Cabo de Frio/RJ; pela Associação Fluminense de Belas Artes - AFBA; pela Academia de Letras de Goiás Velho; pela Literarte e Editora Mágico de Oz de Portugal; pela Academia de Letras e Artes de Fortaleza; e pelo Jornal Sem Fronteiras. Além de fazer parte de algumas Academias e Núcleos Acadêmicos de Letras e Artes no Brasil, Chile, Argentina e Portugal.

“Eu já publico livros a algum tempo, e a ideia de publicar ‘Retalhos de Liz’ surgiu após reorganizar os poemas e crônicas escritas, e pensar que seria possível publicar um livro interessante”, diz a autora sobre o novo livro. Outros trabalhos já escritos por ela são: “Conversa de Alguém Que Sente” (2009; “Quatro Mãos: Todas Com Poesia” (2010); e “Disperso Em Verso” (2015”. Todos pela Editora Scortecci.

Sobre a sua publicação anterior, “Disperso Em Verso”, Paulo Rodrigues (Poeta, escritor e pensador) escreve: a produção poética de Anna Elizandra encanta pela pureza de sensibilidade, pela singeleza da construção linguística, como também pela delicadeza com que constrói belíssimas imagens. Ela ratifica as palavras de Luís Almeida Sampaio, em artigo recente: “O bom poeta não precisa inventar inspiração, porque a musa inspiradora rouba sua atenção e canta sua pena. O bom poeta verseja como se pintasse exuberantes telas”. Esta respeitável escritora dança ao som do vento, acompanhada de Erato, musa da poesia amorosa, com a intenção de derramar o belo sobre o lirismo universal. Vá, minha irmã de ofício, revelar as imagens de teu coração sensível para tornar o mundo mais bonito!

0 Comentários:

Postar um comentário

pesquisar

Nossos Parceiros