Home » , , , , , , » Recortes da memória de um menino, vítima de violência sexual, é pano de fundo para o primeiro livro de Volnei Tavares

Recortes da memória de um menino, vítima de violência sexual, é pano de fundo para o primeiro livro de Volnei Tavares

Por: J. B. Novare Em: 02/04/2020

“O primeiro estupro – A morte de minha alma – Fragmentos” é um drama de ficção de autoria do sociólogo gaúcho Volnei Tavares. A obra é sua publicação de estreia e traz uma narrativa baseada em recortes da memória de um menino, vítima de violência sexual. A edição, de 100 páginas, é da Chiado Books e o lançamento está previsto para o mês de agosto deste ano. Mas os exemplares já se encontram em pré-venda em contato com o autor. Após o lançamento o livro estará na loja online e com os parceiros da editora.

A maneira de uma película, as lembranças brotam a sua memória, vívidas: da primeira violação de seu corpo infantil aos 5 anos de idade, até a última aos 13 anos. O tabu do estupro de meninos é abordado de forma crua, através de suas vivências e a hipocrisia de nossa sociedade é revelada na dicotomia antagônica de quem estupra, ao mesmo tempo em que condena, valendo-se de prerrogativas, autoridade e preconceitos.

Esta obra surgiu a partir das vivências que o autor teve trabalhando na Assistência Social, durante sete anos, junto a meninos e meninas em situação de vulnerabilidade social em Porto Alegre. “Não obstante, outro grande motivador deste, que pretende ser o primeiro livro de uma série de dois volumes, foi - em especial - a experiência em tratar um paciente com 10 anos de idade, internado numa unidade de terapia intensiva, vítima de violência sexual”, afirma Volnei.

Volnei Tavares é o pseudônimo Joaquim Manoel da Silva, nascido em Porto Alegre (RS) em 1973. É filho de uma empregada doméstica e de um pintor de paredes, foi entregador de jornais e trabalhou na assistência social do município de Porto Alegre, junto a adolescentes em situação de rua ou cumprindo medidas socioeducativas. Graduou-se em Sociologia em 1999 pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e em Medicina em 2006 pela mesma instituição. É especialista em Medicina Interna e atualmente, estuda violino na Universidade Federal de Pelotas.

0 Comentários:

Postar um comentário

pesquisar

Nossos Parceiros