Home » , , , , , » Poeta paraibano Leonardo Almeida Filho, publica livro com poemas escritos ao longo de vários anos

Poeta paraibano Leonardo Almeida Filho, publica livro com poemas escritos ao longo de vários anos

Por: J. B. Novare Em: 09/05/2018

“Babelical” é um livro de poemas, como uma espécie de pequena antologia pessoal e precoce, do poeta paraibano Leonardo Almeida Filho, onde ele traz poemas escritos em vários anos de sua vida, e que privilegiam o drama de viver nestes tempos escuros que estamos atravessando. Publicada pela Editora Patuá com 116 páginas, a obra será lançada no próximo dia 18 de maio de 2018, a partir das 19 horas no Café Martinica (SCLN 303 Bloco A Loja 04), em Brasília/DF. O evento contará com encenação de alguns dos poemas do livro por parte do professor de teatro André Gomes, da UnB. A entrada será livre.

A obra reúne poemas escritos nos últimos 30 anos e tem como tema, como canta Drummond, o homem presente, a vida presente. Lançando mão de diversas formas poéticas, formas fixas de nossa tradição literária (redondilhas, sonetos, sextina, etc), e versos livres, o poeta tenta aproximar-se daquilo que nos faz ser humanos. “É o que me interessa, quando penso em versos, a vida real. A nódoa no brim, como poetiza Manuel Bandeira, é o que contamina e enriquece, creio, a minha poesia. Apesar de toda a incompreensão que nos separa, a poesia nos une como sujeitos que acreditam na possibilidade do belo, do bem, do bom”, revela ele. É disso que tratam os poemas de ‘Babelical’, conclui.

“O livro acabou vindo a luz muito por conta da indicação de um amigo escritor, o Ronaldo Cagiano, que atualmente reside em Lisboa, que encaminhou meus versos ao Eduardo Lacerda, da Editora Patuá, que acabou se interessando em publicá-los”, diz o poeta sobre a publicação do livro. “Babelical” está por R$ 40,00 no site da editora (www.editorapatua.com.br) diretamente com o autor pelo e-mail leo.almeidafilho@gmail.com.

Leonardo Almeida Filho é escritor e professor universitário de Literatura Brasileira. Nasceu em Campina Grande, estado da Paraíba, em 1960, mas reside em Brasília/DF desde 1962. Trabalhou por anos na Caixa Econômica Federal, antes de concluir seu mestrado em Literatura Brasileira na Universidade de Brasília (UnB). Em 2002, iniciou o doutorado com trabalho sobre a obra do escritor Graciliano Ramos. Sua dissertação de mestrado foi publicada pela Editora da UnB e trata de uma análise de “Angústia” e “Infância”, de Graciliano Ramos, a partir de um enfoque metapsicológico: Graciliano Ramos e Freud.

“Sempre estive muito próximo à literatura, escrevendo poemas e crônicas, principalmente”, diz o autor. Em 1984, Leonardo Almeida Filho, foi poeta premiado no Concurso de Poesia do IV Centenário da Paraíba. De lá pra cá, dedicou-se à prosa com mais afinco. Hoje, ele possui três romances inéditos, na fila para publicação.

O seu primeiro livro publicado foi um romance (alguns dizem que são contos) intitulado “O Livro de Loraine”, em 1998. A obra é uma publicação independente, lançada em João Pessoa. Em 2010, pela Editora Hinterlândia, publicou o ensaio “O Jantar No Lido”, sobre o cinquentenário do escritor Graciliano Ramos. Em 2013, pela E-galaxia, publicou o e-book “Nebulosa Fauna & Outras Histórias Perversas” (contos). De lá pra cá, tem publicado poemas e contos em antologias, jornais e, mais recentemente, em revistas digitais na grande rede. Seus contos e poemas podem ser lidos na Incomunidade e Caliban (revistas portuguesas), na SPReview, na Gueto, além dos seus blogs: Um de Prosa (www.pretextosparamatarjulias.blogspot.com.br) e Um de Poesia (www.poesianosdentes.blogspot.com.br), e no seu perfil literário na Medium.com.

0 Comentários:

Postar um comentário

pesquisar

Nossos Parceiros