Home » , , , , , , , » “Eu Sou Uma Lagartixa!”, com ilustrações de Cris Alhadeff, é o novo livro do autor Alexandre de Castro Gomes

“Eu Sou Uma Lagartixa!”, com ilustrações de Cris Alhadeff, é o novo livro do autor Alexandre de Castro Gomes

Por: J. B. Novare Em: 15/07/2017

Lançada no último dia 26 de junho no Rio de Janeiro – RJ, “Eu Sou Uma Lagartixa!” é a mais recente publicação infantil do autor carioca Alexandre de Castro Gomes, com desenhos da ilustradora Cris Alhadeff. Na história é abordado temas como fantasia e criatividade, possibilitando a discussão sobre as brincadeiras da infância. O lançamento ocorreu na Biblioteca FNLIJ Criança, no salão da FNLIJ.

A obra foi editada pela Editora do Brasil, possui aproximadamente cerca de 32 páginas e já está disponível por R$ 46,10 na loja virtual da editora (www.editoradobrasil.com.br/lojavirtual/) e nas lojas físicas, em São Paulo - SP (Rua Conselheiro Nébias, 887, Campos Elíseos), em Rio Comprido (Rua do Bispo, 150) e em Natal- RN (Rua dos Caicós, 1533, Alecrim).

A imaginação de uma criança é tão fértil que pode até criar mundos que ela nunca conheceu. Numa brincadeira ela pode ser o vilão, o mocinho ou somente o narrador da história. Quando não consegue conquistar o castelo, vira o dragão e continua a farra. O livro busca estimular a criatividade de cada leitor ao provocá-lo com uma situação inusitada. Por que a lagartixa não consegue subir pela parede? Como ela pode resolver o problema para conseguir alcançar o almoço que zumbe perto do teto? Seja lagartixa, aranha ou borboleta, o que vale é criar.

“Tive a ideia de escrever esse texto depois de folhear alguns livros estrangeiros para leitores iniciantes em uma livraria. Eram títulos longos, do tipo: O Hipopótamo Que Não Sabia Lutar Caratê; ou O Tamanduá Que Só Bebia Chá Gelado. As histórias não me estimularam, mas gostei da ideia de um título longo e inventivo. Me deu vontade de escrever algo para os pequeninos que tivesse um tempero a mais. Que prendesse a atenção com um pequeno mistério para ser resolvido no final do livro. Na hora me veio o título - A Lagartixa Que Não Conseguia Subir Pela Parede. Ironia: Mudei depois”, declara o autor.

Alexandre de Castro Gomes estudou em escolas americanas, deu aulas de inglês, trabalhou com traduções, formou-se em Advocacia e abriu uma empresa de webdesign em parceria com Cris Alhadeff, em 1999. É o atual presidente da AEILIJ (Associação de Escritores e Ilustradores de Literatura Infantil e Juvenil), entidade pela qual realizou diversos eventos literários. Recebeu o Selo de Distinção Cátedra 10 (Excelência em LIJ) pela Cátedra da UNESCO/PUC-RJ no ano passado, além de outros prêmios durante sua carreira. Teve títulos selecionados para programas de compras de governos e já foi convidado para as maiores feiras de livros do país. Organizou antologias, manteve uma coluna literária e criou a página Blogão (www.alexandredecastrogomes.blogspot.com.br).

“Eu gostava mesmo era de pesquisar e escrever. Foi difícil. Dei muitas cabeçadas e recebi muitas negativas. Procurei entender o que estava acontecendo. Descobri que fazia tudo errado, juntava 10, 15 textos em um calhamaço encadernado e mandava para um monte de editoras ao mesmo tempo. Misturava textos ótimos com outros nem tanto, na esperança de que alguém gostasse de ao menos uma história dali. Naquela época eles retornavam os originais e recebi muitos deles com as páginas ainda coladas pela tinta. Quase desisti. Passei a estudar os catálogos, descartei os textos mais fracos e selecionei aqueles que preencheriam lacunas. Consegui o primeiro contrato. Logo em seguida ganhei meu primeiro concurso literário. Lancei meu livro de estreia em 2008. De lá pra cá são 27 títulos publicados, fora as traduções”, revela Alexandre.

Possui 27 livros publicados até agora. Dentre eles estão: “O Julgamento do Chocolate” (ilus. Conceição Bicalho, RHJ); “Folclore de Chuteiras” (ilus. Visca, Peirópolis); “Quem Matou o Saci?” (ilus. Cris Alhadeff, Escarlate), “O livro Que Lê Gente” (ilus. Cris Alhadeff, Cortez), “A bola ou a Menina?” (ilus. Sergio Magno, Melhoramentos) e “Condomínio dos Monstros” (ilus. Cris Alhadeff, RHJ).

Cris Alhadeff é formada em Desenho Industrial pela Escola de Belas Artes (UFRJ), atuou por muitos anos como designer e faz parte da atual diretoria da AEILIJ. Ilustrou seu primeiro livro em 2010 e hoje são cerca de 40 obras com seus traços e cores. Possui publicação no prestigiado Catálogo de Bolonha e teve obras selecionadas para os programas PNBE e PNAIC. Finalista do Concurso da Nova Moeda de Real, Cris tem trabalhos exibidos em mostras de norte a sul do país (Cores e Formas, Traçando Histórias, Muitos desenhos de uma história). Através da AEILIJ, organizou a parceria com a Satrápia, que ilustrou diversos Ninhos de Livros (pontos gratuitos de trocas de livros) pela cidade do Rio de Janeiro. Foi a idealizadora e uma das fundadoras, no Brasil, do movimento “Nós, Ilustradores, Somos Autores!”, que tem por objetivo informar sobre a importância e o peso da ilustração na Literatura Infantil e Juvenil.

0 Comentários:

Postar um comentário

pesquisar

Nossos Parceiros