Home » , , , , » Romance impregnado de cultura pop e experimentações narra rito de passagem para fase adulta

Romance impregnado de cultura pop e experimentações narra rito de passagem para fase adulta

Por: Bookeiro Publish Em: 28/10/2019

Contemplado pelo 1º edital de publicação de livros para estreantes, da Prefeitura de São Paulo, “Horses”, romance de estreia do escritor Agnaldo Assis Nascimento, foi recentemente lançado pela editora Penalux. Trata-se de uma obra imponente, experimental e, em certa medida, musical, contendo em seu universo ficcional diversos personagens que buscam se libertar das amarras da sociedade por meio da arte e de outras formas de ver o mundo. O personagem central é Helter, um adolescente que, após fugir de casa devido à violência doméstica, acaba conhecendo um grupo de artistas que estão buscando sua própria voz.

“Horses é o título do disco de estreia da poeta e cantora Patti Smith”, diz Agnaldo, que além de escritor é vocalista e guitarrista da banda Versus Mare. “Ao combinar poesia com a agressividade do rock”, continua, “Patti transgrediu fronteiras e se tornou uma das percussoras do movimento punk. Na minha concepção de romancista, acredito que o título transmita a ideia de movimento, algo em trânsito; ou, no caso do protagonista, um rito de passagem para a idade adulta”.

De fato, esse caudaloso e eletrizante romance comporta bastante cultura pop (música, livros, filmes). Também trabalha a desconstrução de muitos valores. Há no texto de Agnaldo muitas imagens poéticas; o autor sempre busca surpreender o leitor com estruturas diferentes a cada capítulo. Isso porque, Horses é um livro diferente em muitos aspectos, pois se vale de muitas experimentações. “Não tive medo ousar na escrita e buscar diversas linguagens”, comenta o escritor. “Também foge da esteira da autoficção, tão em voga atualmente”, alfineta.

Alexandre Rabelo, que assina a orelha do livro, recebeu com entusiasmo o romance. “Tome fôlego para acompanhar de perto”, ele incentiva, “as galopadas que nos guiam por essa espécie de epopeia de punk art que marca a bela estreia de Agnaldo de Assis Nascimento como romancista. [...] São personagens com um riso onde o prazer e a dor não cansam de brindar. Autoexilados não só da família, mas de outros parâmetros de realidade, cada qual vivendo sua própria epopeia subjetiva, sempre mordendo o outro lado das coisas do mundo [...] Esses cavalos selvagens se tornam quase seres míticos que se cruzam e se contradizem, podendo representar muitas outras gerações de jovens perdidos [...] esses Horses tentam achar espaço entre um fanatismo por tudo que é vivo e uma apática indiferença. Munidos dos melhores discos e livros clássicos da cena de rock internacional e local, suas conversas ácidas são fortalecidas por referências que vão de Homero a Patti Smith, cujo álbum seminal nos é lembrado desde o título. Esse livro é tão grande em tantos aspectos que esperamos que sua amplitude eletromagnética chegue até os ouvidos da grande bruxa novaiorquina. Horses é um romance sobre cruzar fronteiras.”

O livro concorre ao I Prêmio Mix Literário, o primeiro certame de literatura a celebrar a melhor contribuição em livro para a comunidade LGBTQIA+ brasileira.

Agnaldo de Assis Nascimento nasceu em Diadema, em 1988, e vive em São Paulo. É formado em Jornalismo e atualmente estuda Letras na Universidade de São Paulo. Além de escritor, é vocalista e guitarrista da banda Versus Mare. Horses é sua estreia na literatura e custa R$ 40 pelo site da (https://www.editorapenalux.com.br/loja/horses).

0 Comentários:

Postar um comentário

pesquisar

Nossos Parceiros