Home » , , , , » Segundo livro de trilogia de ficção do autor Joaquim Jorge Costa será lançada em novembro em Lisboa

Segundo livro de trilogia de ficção do autor Joaquim Jorge Costa será lançada em novembro em Lisboa

Por: J. B. Novare Em: 31/10/2018

Será lançado no próximo dia 24 de novembro, em Lisboa (Portugal), o segundo volume da trilogia de ficção “Sentimentos Sem Rosto”, do escritor português Joaquim Jorge Costa. Publicada pela Chiado Books, a coleção traz uma história de ficção, focalizada para um futuro próximo, e versa sobre temas como a evolução das sociedades, catástrofes naturais e proteção ambiental. O segundo livro da trilogia possui 378 páginas, recebe o título “Sentimentos Sem Rosto Vol. II – Portugal” e será lançado a partir das 16 horas no Chiado Books - Clube Literário & Bar (Rua de Cascais, 57). A entrada será livre.

A trilogia apresenta uma história pós-apocalíptica, com uma forte componente pedagógica e de reflexão. Por outro lado, pretende chamar a atenção da sociedade para diferentes cenários aos quais terá de se adaptar, nomeadamente, abordar a forma como uma sociedade atualmente interligada pela tecnologia de informação poderá reagir se essa componente deixar de existir. Os livros tratam de um tema vigoroso, que atualmente está em ampla discussão a nível mundial, devido a acontecimentos recentes, bem como, devido os seus efeitos serem bastante divulgados por órgãos de discussão e informação social.

A série de livros do escritor Joaquim Jorge Costa foca fundamentalmente a essência do ser humano, em que, por maior que seja a adversidade, procura sempre o conhecimento e a causa das coisas da vida, não cessando essa busca até ter respostas, sejam elas quais forem. A origem de algo pode acabar por ser revelada por um acontecimento inesperado. O livro “Sentimentos Sem Rosto Vol. II – Portugal” está à venda por €13,00 (R$ 42,00) na loja online da Chiado Books (https://www.chiadobooks.com/livraria/sentimentos-sem-rosto-vol-ii), bem como em outras livrarias com vendas online.

Joaquim Jorge Costa nasceu em Barreiro, Portugal, em 24 de Março de 1971. Desde jovem, trabalhou em vários lugares, alternando entre trabalhos na construção civil, automação industrial e foi também empresário. Nos últimos anos, a sua carreira profissional passa pela área das Tecnologias de Informação, consultadoria e TV, sendo que, ao mesmo tempo, produz as suas obras, desde o verso à ficção. A sua primeira aparição em livro ocorreu no Brasil, em Setembro de 2016, na vertente de poesia. Em Portugal, a janeiro de 2017, foi lançado o seu primeiro livro a solo, de ficção, da trilogia “Sentimentos Sem Rosto, Volume I - Estados Unidos”. Entretanto, tem sido co-autor em várias obras de poesia. Seguem os links das suas redes sociais, associadas ao seu percurso literário: Facebook (facebook.com/joaquimjorgecosta.autor/), Instagram (instagram.com/joaquimjorgecosta.autor/) e Twitter (twitter.com/twjjlc).

Em sua bibliografia, o escritor conta com vários títulos publicados, desde versos à obras de ficção: Co-autoria no livro “Poemário 2017”, poema de 1 de agosto de 2017 (Studios Editora, Nov/2016); Co-autoria no livro “Desafio, Vol. I”, 2 poemas (Editora do Carmo – Brasil, Set/2016); Co-autoria no livro “Dez Poetas e Eu, Vol. 5”, 10 poemas (Editora do Carmo  -Brasil, Set/2016); Co-autoria no livro “O poeta É Um Fingidor, Tributo a Pessoa”, 1 poema (Editora do Carmo – Brasil, Out/2017); Co-autoria no livro “Sorrisos Nossos - Semeando Sorrisos... Colhemos Poesia!”, 2 poemas (Edição de Autor, Ago/2017); Co-autoria no livro “PerDidamente, Vol II”, antologia Poetas Lusófonos Contemporâneos, 1 poema (Studios Editora, Mai/2017); Co-autoria no livro “Desafio, Vol. II", 6 poemas (Editora do Carmo – Brasil, Fev/2017); “Sentimentos Sem Rosto - Volume I - Estados Unidos” (Chiado Editora, Jan/2017); “Sentimentos Sem Rosto - Volume II - Portugal” (Chiado Editora, Nov/2018); Co-Autoria “Poem’Art III”, colectânea de poesia do grupo literário Amigos & Poetas, 4 poemas (Edições O Declamador, Mai/2018).

“Vamos evoluindo enquanto pessoas e, há poucos anos atrás, senti a necessidade de estender a minha vida para além da carreira profissional. A escrita, é um hobbie… por enquanto!”, escreve Joaquim Jorge.

0 Comentários:

Postar um comentário

pesquisar

Nossos Parceiros