Home » , , , , , » Repórter policial lançará em São Luís livro sobre o crime organizado no Maranhão

Repórter policial lançará em São Luís livro sobre o crime organizado no Maranhão

Por: J. B. Novare Em: 22/03/2017

Nelson Chagas M. Costa, jornalista maranhense de 30 anos, publicou o seu primeiro livro e deverá está fazendo o seu lançamento no próximo dia 31 deste mês, em São Luís (MA). A obra intitulada “Guerra Urbana - Morrendo Pela Vida Loka” é o resultado de um amplo estudo sobre confrontos entre facções criminosas, crime organizado, serial killers, máfia, cartéis e gangues, dentro do estado do Maranhão, em especial na região metropolitana da capital São Luís.

“Guerra Urbana – Morrendo Pela Vida Loka” é um livro que mostra o surgimento e proliferação de facções na região metropolitana de São Luís, que, atualmente, é preenchida pelos grupos organizados: Bonde dos 40, Comando Organizado do Maranhão (COM), Primeiro Comando da Capital (PCC), Comando Vermelho (CV) e  o Primeiro Comando do Maranhão (PCM), organização que se desintegrou e praticamente, hoje, é aquilo que chamamos de “célula adormecida”.

Produzido para um público diversificado, o livro apresenta um conteúdo voltado para adolescentes, jovens, adultos e idosos, independentemente de condições financeiras, faixa etária, nível de escolaridade ou classe social. “Guerra Urbana – Morrendo Pela Vida Loka”, é um ensaio filosófico e descritivo sobre o crime organizado, tendo como referência as guerras urbanas e a “vida loka”, que funciona como motivação ideológica e pretexto emocional para a prática de delitos e o enfrentamento das normas estabelecidas pelo Estado. A obra, cujo prefácio foi escrito pelo inspetor da Polícia Rodoviária Federal, Antônio Noberto (escritor e membro da Academia Ludovicense de Letras - ALL), tenta compreender esse fenômeno, não apenas do ponto de vista policial, como, também, por meio de outras vertentes, como a abordagem psicanalítica, filosófica, antropológica, mitológica, semiótica, ontológica, histórica, dentre outras.

Este é o primeiro livro publicado por Nelson, apesar de ele possuir outros trabalhos engavetados e que nunca ganharam versão impressa. Mas o autor garante que já está fazendo os rascunhos do seu próximo livro. A obra será um romance que trará como protagonista um repórter que vivencia um drama existencial, e estes conflitos ontológicos exercerão influência decisiva em seu cotidiano, tanto no trabalho, como em casa, no lazer e em seus relacionamentos. A história será ambientada na região metropolitana de São Luís.

Nelson Chagas Melo Costa tem 30 anos, é casado, natural de Santa Rita (MA) e atualmente vive na capital São Luís (MA) há mais de 20 anos. É desenhista (anatomia e natureza-morta), bacharel em Comunicação Social pela antiga Faculdade São Luís, e atualmente trabalha como repórter policial. Já foi servidor público da Prefeitura de São Luís e trabalhou no IBGE por dois anos como Agente de Pesquisa e Mapeamento (APM). Seu principal hobby é a leitura e a escrita.

“Tenho um vício pela Psicanálise, Filosofia, Antropologia, Mitologia, Ciência Forense, Linguística, Criminologia e Astronomia. O confronto entre facções criminosas passou a ser um assunto que me interessou bastante, tanto que comecei a ler sobre o crime organizado, as guerras urbanas, a vida loka, serial killers, máfia, cartéis, gangues, teoria do crime, criação de perfis criminosos pelo FBI, dentre outros temas. Sendo assim, decidi escrever Guerra Urbana – Morrendo Pela Vida Loka”, revela o autor.

Organizado pelo grupo Carcarás - Juventude Conservadora da UFMA, o lançamento do livro está previsto para o dia 31 de março, às 17 horas no Auditório Setorial do Centro de Ciências Humanas (CCH) da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Campus do Bacanga, em São Luís (MA). A seção de autógrafos acontecerá na data do lançamento, logo após a apresentação da obra, que será feita pelo autor e pelo grupo Carcarás, que vem sendo de fundamental importância para a divulgação da obra.

0 Comentários:

Postar um comentário

pesquisar

Nossos Parceiros

Publicidade/Livraria Parceira