Home » , , , , , , » “A Alma dos Bichos” da escritora portuguesa Maria Portugal, será lançado este mês em Caldas da Rainha, Portugal

“A Alma dos Bichos” da escritora portuguesa Maria Portugal, será lançado este mês em Caldas da Rainha, Portugal

Por: J. B. Novare Em: 06/12/2018

O novo livro da escritora portuguesa Maria Portugal acaba de ser publicado sob o título “A Alma dos Bichos”. Lançada pela Chiado Books Kids, a obra é um livro de literatura infantojuvenil e faz uma viagem alegórica sobre os sentimentos dos animais e sobre a capacidade para sonhar. Enquanto uma gata define a liberdade como a possibilidade da fazer escolhas, um cão mostra-nos quantos obstáculos se pode vencer pelo amor de quem por amor lhe salvou a vida. O lançamento será no dia 15 de dezembro (sábado), a partir das 16 horas (local) na Biblioteca Municipal de Caldas da Rainha (Rua Vitorino Fróis, s/n), em Portugal.

“A Alma dos Bichos”, trata-se de um conto infantojuvenil em que as pessoas que ainda mantêm a capacidade de sonhar conseguem comunicar com os animais e vice-versa. E anda à volta da relação de um menino órfão de mãe, com uma idosa que salva uma cria de um canídeo que passa a viver com ela e sua gata. A meio da trama, inadvertidamente o cão causa um acidente à idosa. Esta é hospitalizada e ele afastado de casa. Depois é todo o seu esforço para regressar ao lar que será conseguido com a ajuda de outros animais. Finalmente, quando a família se reúne é Natal e a magia da festa faz com que se concretizem sonhos. O livro está por €10,00 (R$35,00) o impresso, e por €3,00 (R$ 9,00) o e-book, pelo site da editora (https://www.chiadobookskids.com/livraria).

Maria Salgueiro Portugal é uma escritora portuguesa, nascida no Arquipélago e Ilha da Madeira, mas conhecido por “Ilha”. Quando ainda criança, Maria passou a residir nos arredores da capital Lisboa, junto ao Rio Jamor, onde brincava na terra descalça, na horta de uns tios e era como se tivesse asas que lhe levavam ao céu num baloiço de tábua, suspenso por duas cordas a uma grande árvore. O lugarejo ficava próximo do Palácio de Queluz, famoso a vários títulos, designadamente por ali ter sido assassinado o último Monarca Português.

Aos 17 anos, a autora ingressou na Universidade de Direito e depois de obter essa licenciatura, fez várias especializações na mesma área. Com o Direito, ela tinha o sonho de mudar o mundo, ainda que em pequenos passos. Com a poesia queria trazer-lhe algum encanto e magia. “Uma Palavra À Solta” foi o seu primeiro livro publicado. A obra é um livro de poemas inspirado numa história de amor imortal. Também aborda outros temas, embora predomine os afetos, e tem por público alvo preferencial todas as pessoas com inteligência intuitiva, em particular, as que não se envergonham dos sentimentos.

0 Comentários:

Postar um comentário

pesquisar

Nossos Parceiros