Home » , , , , , , » Jornalista Danielle Sommer lançará em Curitiba seu primeiro livro infantil voltado às crianças judias

Jornalista Danielle Sommer lançará em Curitiba seu primeiro livro infantil voltado às crianças judias

Por: J. B. Novare Em: 03/09/2018

“Shaná Tová - Uma História Para Crianças Sobre Rosh Hashaná e Yom Kipur” é o terceiro livro infantil da escritora e jornalista Danielle Sommer. De família judia, a autora aproveita o anseio de publicar o livro pensando no público infantil judaico, ao mesmo tempo em que pretende manter a essência cultural e a valorização dos costumes da sua religião. Publicado de forma independente, o livro será lançado nesta terça-feira, dia 4 de setembro, na Livraria da Vila (Av. do Batel, 1868 - Batel) em Curitiba/PR, a partir das 18:30 horas.

Com 8 páginas, um encarte de um shofar para recorte, e ilustrações de Michelle Brodeschi, o livro traz uma historinha que começa falando da Criação do Mundo, passando pelos costumes de Rosh Hashaná, como a chalá agulá e a maçã com mel e o toque do shofar, até chegar a Yom Kipur, explicando o jejum, a reza na sinagoga e a importância do perdão. O texto em rimas é ideal para crianças pequenas. Os exemplares da obra custam R$ 36,00 e podem ser encomendados pela fanpage www.facebook.com/seferkatan.

Danielle Sommer é uma escritora e jornalista brasileira, neta de Arje Sommer (um sobrevivente do Holocausto) e mãe de duas crianças (David e Amanda). É autora dos livros infantis “Tem Alguém Indo Trabalhar” e “Tem Alguém Na Barriga da Mamãe”, ambos publicados pela Editora Inverso.

Em rimas, na obra “Tem Alguém Indo Trabalhar”, com ilustrações de Daphne Lambros, a autora apresenta uma forma de ajudar as crianças a entenderem o mundo dos adultos, que os pais precisam trabalhar e, por isso, “desaparecem” em algum momento do dia.

O seu livro “Tem Alguém Na Barriga da Mamãe”, que faz parte da Série Meu Mundinho, é ideal para contar ao filho mais velho que ele ganhará um irmãozinho. A gravidez é um período cheio de mudanças, dúvidas e expectativas. E quando é o segundo filho que está a caminho, os pais têm uma preocupação a mais: como contar à criança mais velha que ele terá um irmãozinho? Será que eles entendem o crescimento da barriga e que dali sairá um bebê? E mais, que esse bebê passará a morar na mesma casa, dividindo a atenção?

0 Comentários:

Postar um comentário

pesquisar

Nossos Parceiros