Home » , , , , » Poeta Charles Marlon lançará, em março, o seu novo livro em São Paulo

Poeta Charles Marlon lançará, em março, o seu novo livro em São Paulo

Por: J. B. Novare Em: 12/02/2018

O mais recente livro do poeta paulista Charles Marlon traz poemas com temáticas do cotidiano, em um tom um tanto pessimista quanto à vida. Com o título “Quarto”, a obra foi publicada pela Editora Patuá e terá o seu primeiro lançamento às 16 horas do dia 11 de março na Patuscada - Livraria, Bar e Café (Rua Luís Murat, 40 - Pinheiros), em São Paulo/SP. Durante o evento haverá um show com os artistas Márcio Stachowski e Ricardo Escudeiro, tocando clássicos do rock’n’roll. A entrada será gratuita.

“Mas um pessimismo que se não aceita, também não faz sucumbir, pulsa uma espécie de vida tensa, que pela tensão deixa soar alguma coisa”. O livro “Quarto” é dividido em partes, que vão caminhando, como se o leitor entrasse pela porta e saísse pela escada de incêndio, dando de cara com uma rua sem saída. A imagem da capa é de uma pintura de 1998 do artista plástico e escritor português Luis Manuel Gaspar, e chama-se “Leal Conselheiro”.

Os primeiros poemas do livro “Quarto” começaram a ser escritos há uns 4 anos, e foi concluído a mais ou menos um ano e meio. Alguns poemas foram acrescidos no fechamento da obra, antes de entregar à editora. Este livro faz parte de um processo que se iniciou em 2009, quando Charles Marlon começou a escrever “Poesia Ltda.”, publicado em 2012 pela Editora Patuá, e a cada dois anos têm sido assim até hoje, o autor faz uma seleção de poemas que tem uma forte ligação com a vida diária, que mais nos mata do que nos faz viver, de maneira ampla e boa o suficiente e publica-os.

Charles Marlon Porfirio de Sousa mora em São Paulo/SP. É professor de Literatura e Línguas Portuguesa e Inglesa de formação, mestre em Literatura Portuguesa. Estudou a obra do poeta português Rui Pires Cabral, agora ingresso no doutorado, em Estudos de Cultura, e pretende estudar a obra “Nutshell” de Ian McEwan, com o propósito de, além da tese, escrever um romance num processo de dupla aprendizagem, uma teórica, outra prática. Tanto o seu mestrado, quanto o doutorado são pela Universidade de São Paulo.

O autor já possui publicado 6 títulos de poesia. “Me interesso muito por criações poéticas ligadas à fotografia, intervenções sobre fotografias, por exemplo, além de mais uns esboços de livro de poesia na gaveta. Tenho um livro de contos pronto e o romance como projeto para os próximos anos”, revela Charles. “A escrita é sempre um processo de aprendizagem, em vários sentidos, mas tem muito a ver, para mim, com desaprender também”, conclui ele.

Os outros livros publicados por Charles Marlon são: “Poesia Ltda” (poemas), em 2012; “Sub-verso” (poemas com desenhos), em 2014; “Re-trato” (poemas com fotografias), em 2016; “La Siesta Sobre Cuchillos” (poesia bilíngue - Português e Espanhol), em 2017; e uma publicação independente com poemas manuscritos sobre fotografias reveladas, com tiragem de 50 exemplares contendo 27 poemas-fotográficos em cada.

“Olhando hoje, me parece que os poemas ganham novas dicções, novas referências de livro a livro, mudam com os anos, assim como eu. A ideia, até aqui, é que esse processo se encerre com o próximo livro”, cita o poeta, que lançará em breve “Tombstone”, um livro de poemas a ser impresso em formato de gibi de faroeste. O livro “Quarto” possui cerca de 100 páginas (físico) e está disponível no site da editora por R$ 38,00 (https://goo.gl/2STLkK), e na Patuscada -  Livraria, Bar e Café.

0 Comentários:

Postar um comentário

pesquisar

Nossos Parceiros