Home » , , , , » Poesias para preservar a memória compõe novo trabalho da autora cearense Dinha

Poesias para preservar a memória compõe novo trabalho da autora cearense Dinha

Por: J. B. Novare Em: 13/07/2017

“Onde Escondemos O Ouro” é o mais recente trabalho poético da autora cearense Maria Nilda de Carvalho Mota (Dinha), hoje residente em São Paulo - SP. O livro foi lançado no mês de maio (31) em Campinas - SP e no final de junho (26) na Universidade Federal do Rio de Janeiro  - UFRJ. A obra, que possui 104 páginas e publicada pela Edições Me Parió Revolução, traz uma reunião de poemas de amor, preservando a memórias e fazendo algumas provocações.

Esta é a segunda edição do livro, cuja primeira, em  2013, era completamente artesanal, composta por três pequenos livros com capa de tecido e impressão caseira. O primeiro deles, chamado de “O Guardião”, reunia principalmente poemas românticos. O segundo, intitulado de “O Ouro”, reúne poemas dedicados a pessoas, sobretudo pessoas que morreram em consequência do genocídio da população negra em curso. O terceiro e último livro, “Bichos”, é o mais irônico de todos, e apresenta poemas ora engraçados, ora indignados, ora reveladores de dramas coletivos. “Onde Escondemos O Ouro” vem pra falar de amor, como uma forma de homenagear as pessoas (o ouro) que se foram e que são importantes pra quem ficou.

“A ideia de reunir esses poemas vem de uma necessidade minha de fazer poemas de amor – coisa que eu ainda não havia conseguido em meu primeiro livro (De Passagem Mas Não A Passeio - Global, em 2008). A segunda edição ficou pronta agora em 2017, pois entendemos que era necessário uma edição de larga escala para fazê-lo circular melhor. Isso porque acreditamos que é um livro bonito e relevante”, revela a autora.

A obra está sendo objeto de um financiamento coletivo para viabilizar o pagamento à gráfica que o imprimiu, bem como garantir a impressão de novas obras. O preço estimado de venda é R$ 15,00 no formato físico, e pode ser encontrado no site da publicadora (www.mepario.com). Já o formato digital (e-book) poderá ser encontrado gratuitamente na internet (Aqui).

Dinha  é o pseudônimo de Maria Nilda de Carvalho Mota, nascida na cidade de Milagres, no estado do Ceará. Mas hoje reside no Parque Bristol, na Zona Sul de São Paulo. É professora de Língua Portuguesa e Informática Educativa na Prefeitura de São Paulo e doutoranda em Letras na Universidade de São Paulo. O livro anterior de Dinha chama-se “Zero A zero”, editado também pela Edições Me Parió Revolução, em 2015. A obra traz quinze poemas contra o genocídio da população negra. O título é autoexplicativo, mas ele fala sobre a capacidade de nos mantermos vivos apesar do genocídio em curso.

0 Comentários:

Postar um comentário

pesquisar

Nossos Parceiros