Home » , , , , , » Lembranças Perfumadas - Anderson Lima

Lembranças Perfumadas - Anderson Lima

Por: Anderson Lima Em: 07/07/2017

Imagem: Ir. Damian
A vida é feita de coisas pequenas e simples, tem horas que sou visitado pelas bonitas aventuras e nostálgicas lembranças do meu tempo de criança.

A gente cresce, as rugas marcam nosso rosto e o coração floresce de gratidão a Deus pela linda manifestação de sua bondade que nos concede a existência. Viver é muito mais que um simples gesto de soprar as velinhas, viver é algo sagrado, é mistério sacramental.

Revisito o pretérito de minha vida e encontro as belezas que formaram meu coração. Sinto-me criança revirando a caixinha de brinquedos das lembranças vivas que o chronos não levou e nem desfez. Redescubro os sorrisos mais sinceros, as mãos que me seguraram, os abraços floridos e o cheiro do café da vovó. Quanta saudade! A saudade é o coração da gente dizendo para onde quer voltar.

A memória tem a capacidade suave de eternizar efemeridades. Em mim se eterniza tudo aquilo que amei, o sinal da cruz com que fui marcado, o beijo doce de minha mãe, as palavras de minha avó e os seus gestos mais simples. São memórias que o tempo sacramentou.

Viver é expor os sinais de amor, os laços e os traços de dor e saber que nem tudo é flor. É encontrar-se com os olhos luzentes de reconciliação. É perdoar-se! É atar todos os elos positivos do passado e viver leve o presente. Personificando-se de simplicidade e gratidão às pessoas que pintam nossos dias cinzas de cores e pensamentos celestes. São pessoas de corações elevados que com afabilidade nos trazem a patena do amor.

Ressignificar os momentos efêmeros em eternidade é reviver os acontecimentos significativos que o tempo não desfez, as lembranças perfumadas que moram em nós.

0 Comentários:

Postar um comentário

pesquisar

Nossos Parceiros

Publicidade/Livraria Parceira